Curricularização da Extensão

A curricularização da extensão no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre do Acre - IFAC é regulamentada na Resolução CONSU/IFAC nº 29, de 20 de agosto de 2021. Esta Resolução tem por finalidade atender à meta 12.7 da Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que estabelece “assegurar, no mínimo, 10% (dez por cento) do total de créditos curriculares exigidos para a graduação em programas e projetos de extensão universitária, orientando sua ação, prioritariamente, para áreas de grande pertinência social”. A Curricularização da Extensão deve seguir as diretrizes para a Extensão na Educação Superior estabelecidas pela Resolução CNE/CES nº 7, de 18 de dezembro de 2018.

A Curricularização da Extensão consiste na inclusão de atividades de extensão no currículo dos Cursos de Graduação, Cursos Técnicos e Cursos de Pós-graduação, indissociáveis do ensino eda pesquisa, com o objeti vo de transformação social e impacto na formação dos estudantes, por meio de ações de extensão desenvolvidas por estudantes orientados por docentes, junto à comunidade externaa os campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (Ifac), nas regiões onde atuam.

Os objetivos da Curricularização da Extensão são:

I – garantir o percentual mínimo de 10% (dez por cento) da carga horária dos cursos de graduação em atividades curriculares de extensão;
II – assegurar as atividades de extensão nos componentes curriculares dos Projetos Pedagógicos de Cursos (PPCs);
III – estimular o aumento de atividades curriculares de extensão nos demais cursos ofertados;
IV – favorecer a interação dialógica com a comunidade externa e arranjos produtivos, sociais e culturais locais;
V – promover a formação e atuação interdisciplinar e interprofissional;
VI – fomentar a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão;
VII – desenvolver a formação e o protagonismo dos estudantes; e
VIII – ampliar o impacto social e acadêmico dos cursos.

As atividades extensionistas deverão ser desenvolvidas exclusivamente por meiodas modalidades de extensão programas e projetos que sejam interdisciplinares e que promovam aintegração entre diferentes áreas do conhecimento e propiciem ao estudante uma formação integralvinculada ao perfil do curso.